Porto: A Cozinha dos Chefes

O Porto é uma cidade que se orgulha de receber bem, a todos os níveis. É verdade que a cozinha tradicional portuguesa já é um incentivo interessante para visitar e voltar à cidade, mas, nos últimos anos, o Porto desenvolveu uma gastronomia mais requintada, cosmopolita e de assinatura.

Associação de Turismo do Porto, AR CC BY-NC-ND

DOP Restaurant CC BY-NC-ND

DOP Restaurant CC BY-NC-ND

Wonderful Communications CC BY-NC-ND

DOP Restaurant CC BY-NC-ND

DOP Restaurant CC BY-NC-ND

DOP Restaurant CC BY-NC-ND

 
 
 
 
 
 
 

Porquê ir

  • Restaurantes
  • Património
  • Gastronomia e Vinhos
  • Compras

Apesar de a oferta ser já bastante alargada, existem nomes incontornáveis. A poucos passos do belíssimo Palácio da Bolsa, fica o "DOP", o restaurante de Rui Paula. O chefe do concelho duriense de Alijó desenvolveu cedo o gosto pela cozinha, tendo na sua avó materna e nas suas receitas antigas, à base dos produtos da terra, a sua grande influência. Rui Paula, que trabalha com mestria todo o tipo de pratos, interpreta clássicos portugueses como  o bacalhau com broa, o polvo à lagareiro, o cachaço de porco bísaro com migas de feijão-frade e broa ou o cabritinho e seus miúdos. Se não se conseguir decidir, aposte num dos menus de degustação.

Vai gostar

  • Da vista que o hotel vínico The Yeatman oferece sobre o rio Douro e o centro histórico do Porto
  • Da nova gastronomia portuense

Se atravessar pela Ponte D. Luís I, for até ao cais de Gaia e subir até ao hotel The Yeatman, terá oportunidade de se deliciar com a cozinha do único chefe com estrela Michelin no norte de Portugal. Ricardo Costa está à frente do restaurante do primeiro hotel vínico do país, batizado de "Estrela Michelin" e onde, todas as quintas-feiras, há jantares vínicos com menus pensado em função da seleção de vinhos dos produtores parceiros do hotel. Este jovem chefe, que trabalha de forma única diversos pratos, interpreta de forma contemporânea a cozinha tradicional portuguesa, privilegiando a utilização de produtos frescos.

O que fazer

  • Uma visita guiada ao Palácio da Bolsa
  • Visite o Museu de Arte Contemporânea de Serralves
  • Assista a um concerto na Casa da Música
  • Peça o menu de degustação; todos estes restaurantes têm, pelo menos, um destas opções
  • Um passeio pela praia

Na Avenida da Boavista, experimente a cozinha do Salsa & Loureiro, onde o chefe Hélio Loureiro reinventa a gastronomia portuguesa com criatividade e uma pitada de exclusividade. O chefe que acompanha a seleção portuguesa de futebol há vários anos serve desde rojões à moda do Minho com papas de sarrabulho a tripas à moda do Porto, passando por cozido à portuguesa ou cabrito no forno com arroz de enchidos e açafrão.

O que precisa saber

  • O Andante Tour foi criado a pensar em quem visita o Porto: o Andante Tour 1 é válido durante 24 horas consecutivas após a primeira validação; o Andante Tour 3 é válido durante 72 horas consecutivas.
  • Na estação de metro da Trindade, há cacifos onde pode depositar a sua bagagem por um período máximo de 36 horas. O depósito de bagagem está acessível das 6h à 1h30 e os preços variam consoante o volume da sua mala. 
  • O DOP fica no largo de S. Domingos, 18, e abre todos os dias, das 12h30 às 15h e das 19h30 às 23h; o preço médio é 50 euros
  • O hotel The Yeatman fica na rua do Choupelo e abre todos os dias, das 12h30 às 15h e das 19h30 às 23h; o preço médio é 50 euros
  • O Salsa & Loureiro fica na Avenida da Boavista, 1277, piso -1, e abre diariamente, das 12h30 às 15h e das 20h às 23h30; o preço médio é 30 euros

Como Chegar

Para o Porto, há voos low cost, por exemplo, de Londres (Stansted e Gatwick), Paris (Beauvais, Orly, Vatry e Charles de Gaulle), Marselha, Lille, Tours, St. Etienne, Bolonha, Bordéus, Lion, Toulouse, Madrid, Barcelona El Prat, Tenerife, Valencia e Palma de Maiorca.

Apenas no verão, há companhias low cost a voar de Liverpool, Las Palmas, Carcassonne, Rodez e Nantes.

Com tarifas normais, há ligações aéreas a partir de Londres – Gatwick, Madrid, Barcelona e Paris – Orly.

Do Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro, a melhor forma de chegar ao centro da cidade do Porto é de metro. A viagem dura cerca de 30 minutos.

Be inspired

Choose your journey, find new places, have some fun and create memories for a lifetime.

Saiba mais

Artigos relacionados

Romance no Porto e no Douro

Saiba mais

Dois dias no Porto

Saiba mais

O quarteirão das artes: Miguel Bombarda e arredores

Saiba mais