O Porto junto ao rio

Sinta a cidade nas ruas estreitas da Ribeira do Porto. Visite os monumentos do centro histórico da cidade, relaxe numa esplanada à beira-rio e admire os telhados ordenados das caves do vinho do Porto.

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

Matthieu Cadiou todos os direitos reservados

 
 
 
 
 
 

Do Cais de Gaia, pode partir num cruzeiro até ao Peso da Régua, no Douro, comprar artesanato português, apanhar o teleférico até ao Mosteiro da Serra do Pilar ou beber um cocktail ao final da tarde com os olhos postos no casario do centro histórico do Porto.

Na margem direita

No centro histórico e na Ribeira, não faltam monumentos para conhecer. Vale a pena conhecer a igreja de São Francisco, que está classificada como monumento nacional e pertenceu ao Convento dos Frades Observantes de São Francisco. Preste atenção ao revestimento dos talhados, dos séculos XVII e XVIII, aos frescos, às pinturas sobre tábua na capela-mor e transepto e aos túmulos quinhentistas.

Sente-se numa das várias esplanadas do Cais da Ribeira, veja os barcos passar, ouça a música dos artistas de rua e tente identificar na vista a cave de vinho do Porto que vai querer visitar.

Se é adepto de atividades com adrenalina, vai gostar de saber que pode fazer jet boating no rio Douro, entre as ribeiras do Porto e de Gaia. Desfrute do cenário único em que se encontra de uma forma singular. Num barco movido a jato, viva uma aventura plena de adrenalina, nem tanto pela velocidade, mas sobretudo pela vertente acrobática e pelas manobras incríveis spins, fish tails e slides são apenas algumas.

O que fazer

  • Aventure-se no Baptismo de Jet Boat
  • Compre uma lembrança nas lojas de artesanato e objetos de autor
  • Observe aves na Reserva Natural Local do Estuário do Douro, um pequeno refúgio natural na foz do rio
  • Passeie de bicicleta nas ciclovias que existem nas duas margens
  • Faça pesca desportiva no rio Douro

Na margem esquerda

Atravesse a pé a Ponte de Luís I, uma obra projetada por alunos do famoso engenheiro francês Gustave Eiffel que começou a ser construída em 1881 e para a qual foi preciso carregar 3.054 toneladas de metal.

Do lado de Vila Nova de Gaia, observe a Ribeira do Porto do miradouro que se encontra junto à ponte. Sente-se nos bancos de pedra e aprecie uma vista privilegiada para o monumento do século XIX e para o casario antigo do centro histórico. Viaje no tempo a bordo do barco que outrora serviu para transportar o vinho do Porto, o rabelo. Embarcar num cruzeiro nesta embarcação tradicional é mergulhar na alma da cidade e de uma economia mais antiga do que a mais histórica das seis pontes que atualmente existem sobre o rio Douro.

O que precisa saber

  • Há várias empresas que organizam passeios de segway com guia turístico
  • A feira de artesanato do Cais de Gaia acontece todos os primeiros fins-de-semana de cada mês
  • As caves de vinho do Porto abrem entre as 10h e as 19h de Maio a Outubro e até uma hora mais cedo entre Novembro e Abril

Também pode embarcar num dos cruzeiros longos feitos em barcos-hotel: um dos mais curtos, de um dia, leva os turistas até à Régua e parte à segunda e à quarta, às 10h30 (a chegada ao Douro é às 19h). Admire a capela da Nossa Senhora da Piedade, na Avenida Diogo Leite. O monumento, que conserva marcas de inundações, pode ser visitado entre as 8h e as 18h. Dizem os moradores e devotos que a água nunca chegou à imagem da santa protetora dos pescadores e, em tempos, também dos homens que conduziam as pipas do vinho do Porto entre as duas margens do rio. Veja como a santa está estrategicamente colocada num local de onde, com as portas da capela aberta, pode olhar o Douro.

Finalmente, tem de visitar as caves de Vinho do Porto, na Avenida Diogo Leite e nas ruas adjacentes, subindo até uma cota mais alta.

Vai gostar

  • Da viagem de teleférico até ao Jardim do Morro por causa da vista
  • De assistir a um espetáculo no Hard Club

Aproveite para comprar uma lembrança da viagem, numa das lojas ou feiras ao ar livre que vendem artesanato moderno, produtos nacionais (para a casa e para o estômago) e peças de decoração de autor.Quer na Ribeira do Porto, quer no Cais de Gaia, não terá dificuldade em encontrar um restaurante. Mais difícil será escolher só um. Há restaurantes tradicionais e outros mais modernos, de cozinha de autor, mas todos trabalham a gastronomia portuguesa. Em vários, encontrará na carta a famosa francesinha.Para voltar ao centro do Porto, apanhe boleia no teleférico e suba até ao Jardim do Morro o trajeto é de 5 minutos , onde pode apanhar o metro de regresso à baixa ou subir até ao Mosteiro da Serra do Pilar.

Como Chegar

Para o Porto, há voos de Bremen, Düsseldorf, Frankfurt, Karlsruhe, Munique, Dortmund, Zurich, Liverpool, Londres, Bordéus, Carcassone, Dole, La Rochelle, Lille, Lyon, Marselha, Nantes, Paris, Rodez, St. Etienne Toulouse, Tours, Barcelona, Madrid, Palma de Maiorca, Valência, Bolonha, Milão, Pisa, Roma, Copenhaga, Bruxelas, Amesterdão, Eindhoven, Rio de Janeiro, São Paulo e Nova Iorque.

Do Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro, a melhor forma de chegar ao centro da cidade do Porto é de metro. A viagem dura cerca de 30 minutos.

Be inspired

Choose your journey, find new places, have some fun and create memories for a lifetime.

Saiba mais

Artigos relacionados

O Porto para backpackers

Saiba mais

Caves do vinho do Porto e centro histórico do Porto

Saiba mais

Porto, cidade criativa e boémia

Saiba mais